segunda-feira, 15 de setembro de 2008

2000 Vasco da Gama (Home e Away)

Copa João Havelange foi o nome adotado para a edição de 2000 do Campeonato Brasileiro de Futebol, em homenagem ao ex-presidente da CBF e da FIFA João Havelange. Impossibilitada pela Justiça de organizar o campeonato, a CBF passou a responsabilidade ao Clube dos 13. Mas, como este não pôde aplicar os critérios de acesso e descenso do ano anterior, acabou gerando o maior Campeonato Brasileiro de todos os tempos, reunindo 116 clubes de três divisões em um único torneio, porém dividido em 4 módulos na sua primeira fase. Porém antes do início do torneio o Clube dos 13 afirmou que não pretendia realizar uma segunda edição no ano seguinte, retomando à CBF o direito de organização.
O campeão foi o Vasco da Gama, que conseguiu o seu quarto título nacional, repetindo os feitos de 1974, 1989 e 1997. O vice-campeão, surpreendentemente, foi o São Caetano, que havia sido fundado há pouco mais de 10 anos e que começou a disputa no Módulo Amarelo (correspondente à Série B), mas que chegou à final eliminando equipes tradicionais como Fluminense, Palmeiras e Grêmio.

A bola de ouro desse ano ficou com Romário, enquanto a artilharia ficou com o atacante Adhemar, do São Caetano, com 22 gols.
HOME



AWAY
Em sua trigésima edição, a última do século 20, o Campeonato Brasileiro confirmou seu histórico de desorganização institucional, mas também se consolidou como o campeonato de futebol mais disputado do mundo: 13 clubes diferentes conseguiram o título de Campeão Brasileiro em apenas 30 anos. No mesmo período (1971-2000), por exemplo, o futebol da França e o da Inglaterra tiveram 10 campeões diferentes cada; o da Argentina teve 9 (mas com um total de 39 campeonatos disputados); o da Itália teve 8; Alemanha, Espanha e Uruguai tiveram apenas 7 campeões; e em Portugal apenas 4 clubes comemoraram o título de campeão nacional.

5 comentários:

Mike disse...

Por que o logo do SBT?

Junior disse...

foi uma provocação do presidente do vasco, eurico miranda com a globo, devidoa divergencias nos direitos de transmissoes dessa final.

Anônimo disse...

o eurico nao deizou a globo transmitir a final e ainda apareceu com o logo do sbt na camisa

caio disse...

claro que a Globo transmitiu a final. Ou a propaganda do SBT não seria tão provocadora. Fora que não seria ele que impediria a emissora...

A Globo depois "se vingou", passando a exibir matérias que ligavam o Eurico a corrupção e coisas afins...

Woody disse...

Além de um campeonato roubado , roubando o juiz na final o São Caetano , acho q a CBF não devia dar esse título de campeão brasileiro ao vasco