terça-feira, 3 de junho de 2008

1990 Iuguslávia (Home e Away)

Já foi considerada uma das melhores seleções do mundo, embora, em toda a sua história, só tenha vencido dois títulos: a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1960 e o Campeonato Mundial Sub-20 em 1987. Na Copa do Mundo seu melhor desempenho foi um 3º lugar na Copa do Mundo de 1930 (juntamente com os EUA) e um 4º lugar na Copa do Mundo de 1962. Nas Olimpíadas ainda obteve três medalhas de prata nos Jogos Olimpícos de 1948, Jogos Olimpícos de 1952 e Jogos Olimpícos de 1956 e uma medalha de bronze nos Jogos Olimpícos de 1984. Na Eurocopa obteve dois segundos lugares em 1960, 1968.

Com o fim da Iugoslávia, a seleção desmembrou-se, dando lugar à Seleção Servo-montenegrina de Futebol. Mais recentemente a Seleção Servo-montenegrina de Futebol desmembrou-se tal como os próprios estados, dando origem à Seleção Montenegrina de Futebol e à Seleção Sérvia de Futebol.

Na Copa de 90, foi eliminada pela Argentina, nas quartas de finais, nos penaltes, após empate de 0x0 no tempo normal.



HOME


AWAY


Próximo post, seleção Americana, de 1990

4 comentários:

caio disse...

sempre achei que os iugoslavos mereciam mais em Copas. Deram azar contra a Argentina, pois nos pênaltis erraram mais que o Maradona.

A de 90 particularmente era uma das melhores gerações. Suker e Boksic, que liderariam a Croácia mais tarde, eram reservas que nem entraram na Copa, e Boban sequer fora convocado. Dos croatas, além do goleiro titular Ivkovic, Prosinecki era o que mais tinha algum lugar, embora com menos destaque.

Destaque pra última foto, com o então jovem sérvio camisa 10 Stojkovic e o já veteraníssimo bósnio Susic. Depois que Susic parou, os bósnios viraram uma tristeza: tivemos que nos contentar com Barbarez e Salihamidzic. Stojkovic é também o primeiro em pé da esquerda p direita na primeira foto.

Das outras etnias, destaque para o esloveno Katanec (terceiro da esquerda p direita em pé na primeira foto), o macedônio Pancev (creio que seja o primeiro agachado da esquerda p direita na primeira foto) e o montenegrino Savicevic (terceiro agachado. Entre ele e Pancev está Susic). Talvez tenha sido a mais iugoslavas das seleções.

O design do uniforme ja mostra um desejo de evoluçao na epoca aos kits simples dos anos 80. Mais tarde o pessoal iria dar umas extrapoladas... a Copa de 94 teve alguns kits que hoje seriam de mau gosto, embora na epoca tenha achado legais :PPP

Momento jabá, hehe: criei os artigos de Pancev, Susic, Stojkovic, Katanec, Ivkovic e Boksic na wiki...

Junior disse...

Belas informações Caio, vc parece ter bastante conhecimento, não gostaria de me ajudar nos textos aqui do blog não ??? entre em contato comigo, blz ? puamrp@gmail.com

octavio disse...

Curiosidades sobre o Robert Prosinecki e o Zvonimir Boban:
Prosinecki foi o único jogador a marcar gols por duas seleções diferentes em Copas do Mundo. Um em 1990 pela Iugoslávia e dois em 1998, já pela Croácia.
E o Boban não foi convocado em parte por um incidente em que ele atacou um policial que batia num torcedor do seu time durante um tumulto num jogo do seu clube na época, o Dinamo de Zagreb, contra o Estrela Vermelha de Belgrado (por outro lado virou um herói nacional na Croácia :P), refletindo em campo as tensões políticas e sociais vividas na Iugoslávia da época, que acabaram como todos nós sabemos ...

e pra já...para mim as copas de 90 e 94 tinham os melhores kits com certeza! ... acho que a coisa extrapolou mesmo de 1995 a 1997 mais ou menos, não tanto nas seleções mas mais nos kits dos clubes, principalmete no uniforme dos goleiros.. eram horríveis ahuhau

caio disse...

perdão, quem é o primeiro agachado da esquerda p direita é Jozic. Pancev é o penúltimo agachado (do outro lado de Savicevic)